estratégia de Marketing

Plano de Marketing – Elaborar a Estratégia

Agosto 2nd, 2018 Posted by ESTRATÉGIA DE MARKETING 0 thoughts on “Plano de Marketing – Elaborar a Estratégia”

Que estratégia de Marketing devemos ponderar ao elaborar o plano?Apresentamos as principais estratégias que poderá adoptar e como desenvolver os diferentes pontos.

Se leu o nosso ultimo artigo, já sabe como elaborar o diagnostico do plano de marketing, logo, já está pronto para avançar para a elaboração da estratégia de Marketing que irá levar o seu negócio mais longe.

O diagnostico termina com a elaboração dos objectivos, os quais poderão ser de crescimento de vendas global, crescimento de vendas num segmento de mercado, crescimento de quota de mercado, entre outros.
A definição dos objetivos é um passo fundamental, na medida em que é nesta fase que se começa a delinear a estratégia de Marketing e o caminho a seguir. Mas tenha em atenção que na definição dos objectivos, deve ter em conta a metodologia SMART.

Após a elaboração do diagnostico, estamos em condições de definir que tipo de estratégia de Marketing deveremos adoptar.

No quadro seguinte, apresentamos as estratégias-base que poderá adoptar.
Salientamos que são estratégias-base e não únicas, isto é, poderá encontrar diversas variantes, diferentes perspectivas ou estratégias não mencionadas neste quadro e que poderão ser válidas para o seu negócio. Tudo depende dos ciclos de vida do mercado, do seu negócio e dos seus objectivos.

Tipos de Estratégia de Marketing

Estrategias de MarketingPenetração: Consiste na conquista de quota de mercado à concorrência, habitualmente esta estratégia é adoptada em mercados maduros e onde já existem poucas oportunidades de inovação.
Desenvolvimento de produto: A empresa desenvolve novos produtos, mas dentro do mercado que já trabalha. Poderá fazê-lo criando novas categorias de produtos e serviços, melhorando e inovando os produtos actuais ou criar extensões das marcas actuais da empresa. Poderá ser aplicada em mercados que ainda apresentam margem de crescimento.
Desenvolvimento de mercado: Quando os produtos actuais podem suprir necessidades de outros mercados. Poderá ser efectuado pelo desenvolvimento geográfico, por novos canais de distribuição, entre outros.
Diversificação: Se a empresa possuir um departamento de I&D forte, poderá escolher entrar em novos mercados com novos produtos. Esta estratégica é a mais complexa, visto que implica um conhecimento de marketing e investimento grande para enfrentar os desafios da entrada nos novos mercados. Por outro lado, é a estratégia que poderá levar a um maior crescimento, num tempo mais curto

Segmentação de mercado

A segmentação consiste na divisão do mercado em grupos o mais homogéneos possível, com o intuito de selecionarmos aquele(s) que pretendemos atingir.
A segmentação varia nos critérios a ponderar, mediante se trate de um negocio B2C (directamente ao consumidor-final) ou B2B (o seu cliente são outras empresas).
Os critérios devem ser definidos segundo princípios de pertinência e relevância para o seu negócio e se fizer sentido, poderá utilizar outros que não estejam aqui mencionados.

Se se tratar de um negócio B2C, sugerimos segmentar pelos seguintes pontos:

Critérios Objectivos:
Dados demográficos (idade, sexo, agregado familiar, etc.)
Sociais (a classe social a que pertence, o meio onde habita, a religião, etc.)
Económicos (rendimentos individuais ou do agregado, nível de instrução, etc.)
Geográficos (país, cidade, clima, etc.)

Critérios Subjectivos:
Estes são sempre mais difíceis de analisar, definir ou quantificar, porque dizem respeito ao comportamento social e de compra dos consumidores.
Psicográficos (estilo de vida, atitude, personalidade, comportamentos, etc.)
Comportamentais (reacções ao estimulo, motivação, benefícios valorizados, etc.)

No caso de se tratar de um negocio B2B, os critérios são mais facilmente mensuráveis e dividem-se por:
Sector de Actividade (transportes, comercio de bebidas, serviços informáticos, etc.);
Dimensão (número de colaboradores, Volume de negócios, etc.);
Geográfico;
Estrutura (organigrama, possui departamento de compras, etc.)

A segmentação é apenas o primeiro ponto que define qual o caminho iremos seguir na nossa estratégia.
O ponto seguinte vem de dentro da empresa, é a diferenciação.

Diferenciação

A diferenciação é exactamente aquilo que o nome sugere, definirmos como o nosso negócio se irá diferenciar dos restantes concorrentes.
Para tal, existem diversas opções, que passam pelo:

Produto (oferecendo um produto de qualidade superior, novas características, maior durabilidade, etc.)
Serviço (garantias prolongadas, prazos de entrega mais curtos, demonstrações e acessibilidade dos produtos, entre outros);
Pessoas (simpatia e disponibilidade acima da média, personalização, etc.)
Imagem (baseado na comunicação de uma imagem/conceito ímpar. Sendo este um ponto cuja percepção pelos consumidores será mais difícil e prolongada, é também aquele que perdurará por mais tempo, já que será difícil de ser “copiado” ou adoptado pela concorrência)

Posicionamento

O posicionamento, numa descrição um pouco mais simplista, é a forma como iremos comunicar a nossa diferenciação, no sentido de nos posicionarmos na mente dos clientes.
Esta comunicação deve ser consistente e coerente em todos os meios e pontos de contacto com os clientes e, muito importante, é que a empresa entregue exactamente o que promete, de forma a consolidar este posicionamento e extrair os benefícios do mesmo.
Um exemplo de posicionamento é o do Licor de Beirão – “O licor de Portugal”

4 P’s

Com estes pontos estratégicos finalizados, é o momento de se aprofundar naquele que é diversas vezes apelidado de marketing mix, os quatro elementos base e muito famosos do plano de Marketing, os 4 P’s.
São eles:

Produto – que produto/serviço(s) se enquadram e acrescentam valor no mercado-alvo

Preço – que preço deveremos praticar de modo a estar de acordo com o posicionamento definido e que o nosso publico-alvo está disposto a pagar pelo produto/serviço que entregamos.

Promoção (comunicação) – que meios se enquadram no posicionamento e nos permitem alcançar o publico-alvo

Place (distribuição) – método e em que canais queremos estar presentes e distribuir o nosso produto/serviço

Em artigos futuros, iremos desenvolver e aprofundar cada um destes P’s e ajudá-lo na definição e implementação de cada um.

Terminada esta fase do desenvolvimento das estratégias de Marketing do plano de marketing do seu negócio, estará pronto para avançar para a fase mais interessante, a implementação.
No próximo artigo, desenvolveremos este tema.

Se até aqui, mesmo lendo os nossos artigos, sentir que necessita de apoio no desenvolvimento da sua estratégia de Marketing.
A Living Strategies dispõe de marketeers especialistas, que o apoiarão na elaboração e implementação do plano de marketing da sua empresa

             

Escrito por Mário Alves

Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *